sexta-feira, 19 de março de 2010

Dia do Pai ... dia de São José!

Uma das imagens que aprendi a reverenciar, porque imagem de alguém que deu a Jesus o amor, a segurança, o carinho e tudo o mais que a sua paternal figura deu a Alguém que, ao fim e ao cabo, era "apenas" o Filho do mesmo Deus que "escolheu" São José para a tarefa de dar a Jesus uma família, quando desposado com Maria, a Imaculada Mãe de Jesus Cristo, ou seja de Deus que se quiz fazer Homem por amor aos Homens de boa vontade!
O culto a São José terá começado, provavelmente, no Egipto, tendo passado tempos mais tarde para o Ocidente, onde veio a alcançar grande popularidade.
No ano de 1870, o papa Pio IX proclamou São José como "Patrono da Igreja Universal" e foi a partir daí que passou a ter o seu culto no dia 19 de março.
Em 1955 o Santo Padre Pio XII fixou o dia 1º de maio como dia de "São José Operário, o trabalhador".
Apesar de ter enorme importância dentro da Igreja Católica, o nome de São José não é dos mais citados nas bibliografias da Igreja, pois apenas o vemos mencionado nos Evangelhos de S. Lucas e S. Mateus.
Mesmo sendo um descendente do Rei David, São José era um simples carpinteiro da Galiléia, que estava comprometido com uma jovem Virgem cujo nome era Maria.
Reza a tradição popular que a mão da jovem Maria era desejada por muitos pretendentes, mas, porém, foi a José que ela veio a ser concedida.
Quando Maria recebe a anunciação do anjo Gabriel ,que lhe disse ir ela dar à luz o Menino Jesus, José ficou bastante confuso com a notícia, mas apesar de não ter tomado parte na fecundação e gravidez de Maria, confiava plenamente na fidelidade dela. Resolveu então terminar o noivado e deixá-la secretamente, não comentando nada com ninguém, mas durante um sonho, um anjo apareceu-lhe e disse-lhe que o Menino que Maria trazia no seu ventre era o Filho de Deus, desde há muito anunciado pelos Profetas, e que ele não deveria repudiar Maria mas sim manter o casamento.
José esteve ao lado de Maria em todos os momentos importantes, principalmente na hora do parto, que veio a acontecer no estábulo de Belém onde Jesus veio ao mundo.
Pedimos a intercessão de São José para que dê a todos os pais, neste dia que lhe é dedicado e por todo o sempre, total disponibilidade e responsabilidade para criarem os filhos que Deus lhes der, com amor sem limites, ajudando-os para que possam encontrar caminhos de amor paternal e filial sem limites, para que venham a espelhar as suas vidas na Sagrada Família de Nazaré, onde Maria é a imagem da Mãe amorosa, José a figura do Pai protector e Jesus o Filho bem amado que cumpre em plenitude a vontade do Pai.

NO MUNDO ASSIM...

NO MUNDO  ASSIM...
era bom viver nesta terra... bonita!