quinta-feira, 22 de abril de 2010

ALÔ, TERRA... SOS...SOS...

Quando passeamos pela floresta - nos sítios onde ainda é preservada - não será raro ficarmos extasiados perante a grandiosidade daquilo que a Mãe Natureza coloca à nossa disposição, para que possamos fruir os dons que ela nos dá em todas as circunstâncias, porquanto não é apenas a matéria prima como também as belezas imensas que nos proporciona.
Porque hoje, 22 de Abril, é o DIA DA TERRA, ressaltam-me na memória várias recordações de infância, dos tempos em que brincava na encosta do "meu" Castelo de Leiria, dava passeatas pela Quinta de S. Venâncio ou até pelo Marachão e pelo Parque da cidade, aconchegado pelas sombras das frondosas árvores destes ou revigorado pelos cheiros das carrasqueiras e das miríades de ervas que cresciam ao redor do ex-libris de Leiria.
A minha cidade natal era, nesses tempos, um hino à natureza, que lhe prodigalizara locais deslumbrantes em beleza, em paz e sossego, que convidavam à meditação e conforto espiritual. Hoje está bastante mudada, porque o betão dos parques habitacionais veio dar outra dimensão à paisaigem... que se foi adulterando de forma irremediável, desaparecendo a Quinta de S. Bartolomeu... o Verde Pino...e o melhor é não desfiar mais o rosário de queixas, que são imensas.
Era o tempo em que havia flores silvestres um pouco por todo o lado, dentro da cidade, bastando para tanto olhar para os quintais onde se ouviam os risos alegres das crianças brincando, por vezes procurando pequenos seres vivos que povoavam esses pedaços de preservação da bio-diversidade que eram os quintais onde havia mil cheiros de ervas aromáticas... e concomitante os tradicionais utentes dessas fonte de odor e sabor: os insectos.
O Dia da Terra foi criado em 22 de Abril de 1970, altura em que o então Senador americano Gaylord Nelson convocou o primeiro protesto nacional contra a poluição.
Naquela data, mais de 20 milhões de pessoas nos EUA se reuniram imediatamente para manifestar a preocupação sentida com a degradação ambiental. A partir de 1990, o Dia da Terra foi adoptado por vários países em todo o mundo e a sua comemoração tem-se tornando um evento internacional.

NO MUNDO ASSIM...

NO MUNDO  ASSIM...
era bom viver nesta terra... bonita!