terça-feira, 1 de junho de 2010

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

"Fico olhando esses sinais
da pobre gente que avança,
e noto, entre os demais,
as marcas miniaturais
de uns pézitos de criança!
Ainda que quem é pecador
sofra tormentos... enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dôr,
porque padecem assim?"
da "BALADA DA NEVE",
de Augusto Gil
O dia 01 de Junho é o Dia Mundial da Criança! Compulsando os jornais de hoje, certamente se esperaria a ausência de notícias que nos venham dar conta do desrespeito desta data, que deveria ser de esperança para um mundo em que as crianças continuam à espera do dia em que se possa constatar o cumprimento daquilo que os Homens de boa vontade assinaram em 1950 com o nome de DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA.
É que vemos continuar a saga sem fim das crianças com fome, das crianças abusadas sexualmente por violadores pedófilos que as drogam, agridem, abusam, filmam tudo para divulgar entre os seus iguais através da Net, das crianças sem futuro, abandonadas à sua sorte, exploradas em trabalho escravo...
Hoje é o dia em que os relatórios do Instituto de Apoio à Criança deveriam dizer não haver mais registos de crianças desaparecidas, violentadas, abandonadas, exploradas, seviciadas, mortas pela inconsciência de uma sociedade que teima em não reconhecer ser tempo de dar plena execução aos DIREITOS DA CRIANÇA, que são os melhores de nós, queiramos ou não reconhecê-lo!
Que o Dia da Criança deixe de ser necessário, porque o Homem lhe reconhece os direitos trezentos e sessenta e cinco dia por ano!

NO MUNDO ASSIM...

NO MUNDO  ASSIM...
era bom viver nesta terra... bonita!