quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Leiria e a Imaculada Conceição

Desde tempos imemoriais o culto a Nossa Senhora da Conceição tem merecido dos Leirienses uma especial predilecção e talvez não seja por acaso que na Sé Catedral de Leiria um dos altares seja designado como ALTAR DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DA SÉ DE LEIRIA, segundo alguns dos relatos recolhidos nos idos dos anos 40 do século passado.
No Terreiro, ou Largo Cândido dos Reis, podemos encontrar a Capela de Nossa Senhora da Conceição, no palacete da Família Ataíde, capela essa construída no século XIX.
Na minha infância, costumavam as crianças que faziam a Profissão de Fé ir junto ao altar da Virgem Imaculada Conceição fazer a deposição de uma flôr e consagrar-se à Padroeira de Portugal, mesmo sendo a Padroeira de Leiria Nossa Senhora da Encarnação, que se venera no seu santuário sito no Monte de São Miguel.
Era sempre o 8 de Dezembro um dia importante na vivência religiosa da cidade, não tanto porque era um feriado, mas talvez porque sempre foi um Povo que confiou na Mãe de Jesus, chamassem-lhe as pessoas Nossa Senhora da Conceição, da Encarnação ou do Rosário de Fátima.
Bom seria que Leiria jamais descurasse esta devoção Mariana, dado ser esta uma terra desde sempre destinada a ser a cidade de Nossa Senhora, que a tem mantido sobre a sua maternal protecção ao longo dos tempos.

NO MUNDO ASSIM...

NO MUNDO  ASSIM...
era bom viver nesta terra... bonita!