sábado, 11 de janeiro de 2014

MÃE: NUNCA PARTISTES...

Dia quinze faz muitos anos
que tivestes de te ausentar,
e  teus filhos sempre ufanos
sabiam que ias voltar...
...tinhas ido visitar
os teus Amigos do céu,
e com tanto para conversar,
vês como o tempo correu?
Mas ficámos confortados
sabendo para onde tu ias...
...os anos já estão passados,
mas para nós... tu não morrias!
Fostes apenas descansar,
até que um dia o Pai
tratou de te ir procurar,
pois partistes sem dar um ai...
e mesmo não regressando
sabemos que nunca partistes...
 o coração continua amando...
porque tu ainda existes
para todos os filhos teus
que sabem que não partistes
porque os esperas nos Céus!
Dia quinze é dia de anos
de alguém que tanto se ama...
...e neste mundo de enganos
conforta-nos a tua chama
que arde perpetuamente
alimentada pela saudade
que quem te ama agora sente
pois és tu,  Mãe, a felicidade!
Foi o dia em que seguistes
os caminhos da tua vida...
mas Mãe, nunca partistes,
e sempre serás Mãe querida!

NO MUNDO ASSIM...

NO MUNDO  ASSIM...
era bom viver nesta terra... bonita!